Tuesday, October 17, 2006

.: será? :.




Sempre sou transparente, quando se trata de sentimentos, idéias, opiniões não consigo ser outra pessoa.

Se gosto, trato bem, com muitos sorrisos e abraços; se não gosto não preciso fingir que gosto.

Aí, vem uma pessoa (uma não, várias) e diz que eu sou carrancuda, mas depois fico sou legal.

¬¬

Vê se posso com isso!? Se eu não conheço pra que rir? Se for dentista ainda vá lá, mas se não é, pra que eu vou te tratar como um dos meus amigos? Eu vejo isso como falsidade.

Enfim, eu sou assim!

Alguém que só ri, pra quem merece.

3 comments:

Apoena said...

Realmente ninguém tem obrigação de sair rindo à tôa por aí, mas um sorriso, unzinho só, pode deixar o dia das outras pessoas bem mais alegre. Falsidade, hmmmm... tenho lá minhas dúvidas. Que tal chamar de "simpatia"?

:.Peron.: said...

"simpatia"? não, simpático somos com quem conhecemos de "oi". Falsos, somos quando rimos pra pessoas que não conhecemos e/ou não gostamos.

Apoena said...

Então tá, então! :-)